Solidariedade

Por que matar o cachorro, ou onde está nossa humanidade

SwiftSave_20181205003850096

A morte de um cachorro, que foi espancado com um cabo de vassoura e, em seguida, envenenado por um segurança do Carrefour de Osasco, na Região Metropolitana de São Paulo, no dia 28 de novembro, me fez perceber o quanto ainda somos irracionais, o pobre animal de rua não queria outra coisa a não ser comida e água. Talvez um pouco de carinho e atenção também. A violenta morte do animal me causou revolta e repúdio.

Peço também, encarecidamente que cuidemos de nossos animais de rua, ao invés de comprar um, procuremos fazer adoção, se tivermos ao menos um pouco de amor em nossos corações salvemos nossos animais de rua.

About the author

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Add Comment

Click here to post a comment