Economia

Aneel aprova reajuste médio de 18,54% para tarifas de energia de Goiás

FB_IMG_1540262305639

O consumidor goiano pode preparar o bolso. A Enel (antiga Celg) conseguiu autorização da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) para reajustar o valor das tarifas de energia.

As novas tarifas podem ser aplicadas pela Enel a partir de hoje, dia 22 de outubro. Alta da tarifa média para consumidores residenciais e comerciais será de 15,31%.

A Enel é responsável pelo fornecimento de energia elétrica de 237 municípios de Goiás e atende 2,8 milhões de clientes residenciais, comerciais, industriais e públicos.

O reajuste médio para os clientes industriais – atendidos em alta tensão – será de 26,52%. Para os consumidores residenciais e comerciais – atendidos em baixa tensão – o reajuste médio será de 15,31

Segundo a Aneel, entre os itens que mais pesaram na alta da tarifa estão os custos com encargos setoriais, como a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), que respondeu por uma alta de 3,05% na conta, e a alta no custo de compra de energia, que impactou o reajuste em 7%.

About the author

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Add Comment

Click here to post a comment