ELEIÇÕES 2018

Pesquisa BTG/FSB: Bolsonaro (60%) e Haddad (40%) seguem estáveis

Haddad-e-Bolsonaro-840x5401-396x271

Presidenciável do PSL aparece consolidado com larga vantagem em relação ao adversário do PT.

Na reta final da disputa pela sucessão presidencial, o candidato Jair Bolsonaro (PSL)segue consolidado com 60% das intenções de voto contra 40% de Fernando Haddad (PT), conforme pesquisa encomendada pelo banco BTG Pactual ao Instituto FSB.

Os percentuais não consideram votos em branco, nulos e os eleitores indecisos. Comparativamente à última pesquisa BTG/FSB, Bolsonaro oscilou um ponto para cima, enquanto a movimentação de Haddad foi de igual ponto percentual para baixo.

Os dados divulgados nesta segunda-feira (22/10) mostram que, quando são considerados todos os votos, o militar da reserva tem 52% enquanto o petista aparece com 35%.

A rejeição de Haddad é maior (52%) do que a de Bolsonaro (38%). Ao analisar as razões de voto do eleitor no segundo turno, 10% dos eleitores do militar da reserva querem impedir a vitória de Haddad. Entre os que querem eleger o petista, 18% buscam evitar a vitória do militar da reserva.

Em relação ao sentimento com o processo eleitoral, os eleitores estão, em alguma medida, decepcionados (73%), com medo (62%), sem empolgação (56%) e desesperançados (30%).

O levantamento foi feito no fim de semana (20 e 21/10) com 2.000 eleitores nas 27 unidades da Federação. A margem de erro da pesquisa, registrada no TSE sob o número BR-03689/2018, é de dois pontos percentuais.

Fonte: Portal metrópole

About the author

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Add Comment

Click here to post a comment