Catalão

Adib mostra a verdade sobre o “Goiás na frente”

33766455_2116529328629699_7745038722998992896_o
“Sou um homem sério, e faço afirmações baseado em documentos, apresentei projetos para o governador, fiz proposta de parcerias, portanto, o José Eliton não pode dizer que não busquei parcerias. Talvez ele esteja mal informado”, declarou Adib Elias.

VERDADE – O prefeito de Catalão (GO) Adib Elias (MDB) concedeu entrevista nessa manhã de segunda-feira (28), para a Rádio Cultura da cidade de Catalão, esclarecendo algumas informações inverídicas declaradas pelo atual governador e pré-candidato ao governo José Eliton (PSDB), quando de sua vinda a Catalão, sobre o programa eleitoreiro “Goiás na Frente”. Influenciado talvez pelo calor da pré-campanha, Eliton na ocasião afirmou que Catalão foi a única cidade que não solicitou participar desse programa que tem sido muito criticado por “não entregar o que promete”. VERDADE-2

 

Assim, durante a entrevista para os jornalistas Assis Humberto e Carlos Roberto, o prefeito Adib Elias (MDB), respaldado por uma pilha de documentos, comprovou que participou de três reuniões com o ex-governador Marconi Perillo (PSDB), no ano de 2017 nos dias 15 de março e 26 de junho, em 2018, no dia 15 de janeiro. Em todas ocasiões Adib Elias se propôs a fazer parcerias com o governo estadual, sendo muito bem recebido pelo ex governador. 

Resultado de imagem para adib e marconi

Na primeira oportunidade (ACIMA) com Marconi, o prefeito disponibilizou uma área de 17 alqueires ao estado, para que o mesmo ampliasse o Distrito Industrial da cidade. Posteriormente, nas outras reuniões (ABAIXO)  trataram da construção do Arco Viário em Catalão, sendo entregue nas mãos de Marconi o projeto para execução da obra, e solicitado uma parceria onde a Prefeitura de Catalão entraria com a metade do valor da obra e o estado com o restante. 

Entretanto, o prefeito Adib Elias não obteve respostas a respeito de suas solicitações. 

Resultado de imagem para adib e marconi

Fonte: Mais Sudeste

About the author

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Add Comment

Click here to post a comment