Educação

Lei transforma escolas estaduais em colégios militares, em Trindade e outras 3 cidades de Goiás

colegio-militar
Segundo a PM, as unidades, apesar de legalmente criadas, ainda não tem data para começar a funcionar; Comando de Ensino fará visitas técnicas e consultas com a comunidade.
Publicidade
Residencial Jardins I Conheça, apaixone-se e compre o seu!
Residencial Jardins I
Conheça, apaixone-se e compre o seu!

O Governo de Goiás transformou, por meio de uma lei, seis escolas estaduais em colégios da Polícia Militar de Goiás, em TrindadeBela Vista de GoiásUruaçu e Edeia (veja lista abaixo). De acordo com o Comando de Ensino Policial Militar do Comando-Geral da Polícia Militar, as unidades, apesar de legalmente criadas, ainda não tem data para começar a funcionar.

Segundo informou o órgão, antes que a transformação seja efetivada, o Comando fará uma visita técnica e consultas com a comunidade, internamente, com alunos e professores, e externa, com a comunidade escolar em geral, com pais e moradores das quatro cidades envolvidas.

O blog entrou em contato, por email, com a Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), e aguarda um posicionamento sobre a transição.

Atualmente há 44 colégios militares funcionando no estado. A criação das 6 novas unidades se deu por meio da Lei 20.046, publicada no Diário Oficial do Estado de Goiás no último dia 20 de abril. A legislação estabelece que a Seduce e PM adotem as medidas administrativas necessárias para o funcionamento das unidades.

Com informações do G1

Screenshot_20180503-073923

About the author

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Add Comment

Click here to post a comment