Receitas Saúde

Citronela combate a infestação de muriçocas

img_1_32_5522

Junto com o calor típico do verão, vem também o ataque incômodo dos pernilongos. A presença deles nessa época do ano se deve justamente à temperatura da estação, que mantém uma média de 26ºC a 28ºC, ideal para o organismo do inseto. “Abaixo de 18ºC eles hibernam. Mas, se for quente demais, passando dos 40ºC, eles não suportam e morrem”, explica Eliézer José Marques, presidente do Conselho Regional de Biologia – 1ª Região (SP, MT, MS).

O biólogo conta também que a espécie mais comum de pernilongos, especialmente em regiões tropicais como o Brasil, é a Culex quinquefasciatus. Para o ecossistema, os pernilongos servem apenas de alimento para alguns animais, como as aranhas e as lagartixas, por exemplo. E outra curiosidade a respeito desses insetos é a de que somente as fêmeas picam. “Elas fazem isso porque precisam do nosso sangue para a reprodução”, completa Marques.O que atrai os pernilongos é o gás carbônico que eliminamos durante a respiração. Então, para se proteger do ataque deles, principalmente durante o sono, é preciso recorrer a algumas táticas de defesa como uso de telas nas janelas e portas e mosqueteiros. Outra estratégia comum é o uso de inseticidas, mas existem opções mais naturais e saudáveis. “Uma alternativa é a citronela, uma planta aromática que bloqueia a sensibilidade olfativa do pernilongo, ou seja, que age também como repelente, e que pode ser utilizada de diferentes maneiras”, diz o biólogo.

Também é possível evitar o surgimento dos pernilongos com alguns cuidados, como não deixar água parada em casa. “Cuidado que vale especialmente para combater a reprodução do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue”, alerta o especialista.

Citronela combate a infestação

Parente do capim-limão, a citronela contém óleo essencial e é utilizada na fabricação de repelentes contra mosquitos e insetos, que é sua principal qualidade e pela qual é amplamente conhecida no mercado. Seu óleo essencial é rico em geraniol e citronelal, substâncias responsáveis por exalar o perfume.

Reprodução

Reprodução

Se você quer tirar o máximo da citronela, e obter resultados positivos, anote algumas dicas:

Plante a citronela na direção do vento em que se quer atingir o efeito repelente aumenta sua eficácia;

Picote algumas folhas de citronela com a ajuda de uma tesoura, divida os pedaços em pequenos recipientes e depois distribua-os pela casa;

Queime folhas de citronela em incensários domésticos ou mesmo em um utensílio que não peque fogo (como latas, por exemplo).

Se não tiver folhas em casa, você pode utilizar o óleo essencial de citronela em difusores elétricos;

Ferva algumas folhas e faça uma espécie de chá para usar na limpeza de pisos;

Para evitar picadas de mosquitos, amasse e esfregue uma folha de citronela nas partes do corpo mais expostas como braços e pernas;

Mantenha uma muda em um vaso dentro de casa e, sempre que quiser, corte um pedaço de uma das folhas para que a essência se espalhe mais.

Seguindo essas dicas você pode, de forma ecológica, se prevenir contra mosquitos e insetos e ainda desfrutar de um ambiente aromatizado. (Fonte: Ciclo Vivo)

About the author

Allan Ribeiro

Minha história com o jornalismo tem uma trajetória que começou a ser escrita aos 11 anos de idade, quando comecei a representar o jornal O Diário da Manhã.
O fiz por gostar de ler e de estar informado. De entregar o jornal passei a enviar notícias da cidade a serem publicadas.
Ao visitar o jornal, em conversar com o senhor Batista Custódio, surgiu a possibilidade de publicar artigos sobre temas específicos. Foi o que fiz, e ver a repercussão só me incentivou.
Deste ponto passei a publicar também no O Popular. Como a volta do Novo Horizonte ao futebol profissional integrei a equipe da Rádio Xavantes, graças a Deus, naquela oportunidade o time subiu para a divisão de elite.

Add Comment

Click here to post a comment